(27) 3090.5366 - 9.9797.6903 • liga.esportes.cariacica@gmail.com

COPA CARIACICA SUB 20/2016

REGULAMENTO SUB 20/2016

CARIACIQUENSE DE FUTEBOL SUB 20/2016

 

REGULAMENTO

 

CAPÍTULO I - DISPOSIÇÕES PRELIMINARES

 

Artigo 1° O Campeonato Cariaciquense de Futebol Sub 20 de 2016, doravante denominado de Copa Cariacica de Futebol Sub 20, será promovido pela LIGA CARIACIQUENSE DE DESPORTOS, denominada LICADES, em conformidade com o disposto neste Regulamento e na Legislação Desportiva Vigente, tendo como Entidade maior a Federação de Futebol do Espírito Santo.

 

Parágrafo Único A Competição será iniciada no dia 02 de Julho do corrente ano e com termino previsto para o final do mês de Outubro ou inicio de Novembro de 2016.

 

Artigo 2º A Liga Cariaciquense de Desportos é o Órgão responsável pela organização e realização da Competição e o seu Departamento Técnico, pela elaboração do regulamento e da tabela.

 

CAPÍTULO II - DA CONTAGEM DE PONTOS

 

Artigo 3º O Campeonato será regido pelo sistema de pontos ganhos, observando-se os seguintes critérios:

 

a) Vitória           03 pontos ganhos;

 

b) Empate         01 ponto ganho.

 

Parágrafo 1º Todas as partidas estão inicialmente programadas para os Sábados e/ou Domingos - com início programado para as 10HS00MIN de Domingo e 15HS00MIN de Sábado, podendo em casos especial, ser realizada também aos Domingos a partir das 15HS00MIN.

 

CAPÍTULO III - DA FORMA DE DISPUTA

 

Artigo 4º O Campeonato terá a participação de oito (08) Equipes: Atlântico Futebol Clube, Atlético Clube Sotelândia, Esporte Clube Brasil, Independência Futebol Clube, Praia Grande Futebol Clube, Vila Nova Futebol Clube, Vila Velhense Futebol Clube e União Futebol Clube.

 

Parágrafo Único O Campeonato será disputado em três (03) fases: Primeira Fase (Classificatório), Segunda Fase (Semifinais) e Terceira Fase (Final).

 

Artigo 5º A Primeira Fase, será disputada com as Associações participantes Divididas em dois Grupos “A e B”, jogando entre si dentro de cada Grupo e em turno e returno, obedecendo ao mando de campo conforme prescrito na tabela dos jogos e ou determinado pelo Departamento Técnico da LICADES.

 

Parágrafo 1º Conforme sorteio em reunião arbitral na Sede da Entidade, o Grupo “A” ficou composto com as Equipes de: Atlético Clube Cariacica, Atlântico Futebol Clube, Vila Nova Futebol Clube, União Futebol Clube e o Grupo “B” com as Equipes de: Esporte Clube Brasil, Praia Grande Futebol Clube, Sociedade Esportiva Independência e Vilavelhense Futebol Clube.

 

Parágrafo 2º Classifica-se para a Segunda Fase (Semifinal), as duas (02) Equipes primeiras colocadas de cada Grupo na Primeira Fase.

 

Artigo 6° Na Primeira Fase do Campeonato, havendo empate em número de pontos ganhos entre duas ou mais Associações, será observado o seguinte critério para o desempate.

 

a) Maior número de vitórias;

 

b) Maior saldo de gols;

 

c) Maior número de gols marcados;

 

d) Vencedor do confronto direto;

 

e) Menor número de cartões vermelhos;

 

f) Menor de número de cartões amarelos;

 

g) Sorteio realizado Sede da Liga Cariaciquense de Desportos.

 

Parágrafo 1º A Segunda Fase (Semifinal), será disputada pelas duas (02) Equipes primeiras classificadas de cada Grupo na Primeira Fase, jogando conforme segue: jogo 01 – Segundo/A X Primeiro/B; jogo 02 – Segundo/B X Primeiro/A, em jogos de ida e volta, classificando para a Final os vencedores de cada confronto.

 

Parágrafo 2º As duas Equipes Primeiras Colocada na Fase de Classificação terão o mando de campo na partida de volta.

 

Parágrafo 3º Ao término das partidas previstas para a Fase Semifinal, se as duas (02) Equipes estiverem empatadas na soma de pontos ganhos, para se apurar a Equipe classificada para a Final, serão obedecidos os critérios na forma abaixo estabelecida, pela ordem até o desempate:

 

a) Maior saldo de gols na Fase em disputa;

 

b) Cobrança de penalidades máximas, conforme Regra Geral.

 

CAPÍTULO IV - DA PREMIAÇÃO

 

Artigo 6ºA  A Liga Cariaciquense de Desportos, fará a entrega da seguinte premiação:

 

a) Equipe Campeã:                    Troféu e Medalhas;

 

b) Equipe Vice-Campeã:             Troféu e Medalhas;

 

c) Técnico Campeão:                  Troféu;

 

d) Técnico Vice Campeão:          Troféu;

 

e) Artilheiro Geral:                      Troféu;

 

f) Goleiro menos vazado:                        Troféu;

 

CAPÍTULO V - DOS ATLETAS

 

Artigo 7º A Inscrição de Atletas para o Campeonato Cariaciquense de Futebol Sub 20, será em Ficha de Inscrição, preenchida com todos os campos solicitados, assinada pelo Atleta, pelo Presidente e/ou Diretor credenciado do Clube e pela Mãe ou Pai, quando menor de Dezesseis (16) anos.

 

Parágrafo 1º A Ficha de Inscrição deverá ser preenchida e impressa através do Site da Liga Cariaciquense de Desportos “www.licades.com.br”, com o Nome completo, Nome do Pai e Mãe, Município e Estado de Origem, Número do Documento da Carteira de Identidade, mencionando o Órgão expedidor, Número do CPF, e data de Nascimento.

 

Parágrafo 2º Somente poderá participar dos jogos o Atleta regulamente inscrito na Liga Cariaciquense de Desportos, observando-se a data de Nascimento a partir de 1996.

 

Artigo 8º É de inteira responsabilidade dos Clubes e Atletas a veracidade das informações constantes nas Fichas de Inscrições encaminhados à Liga Cariaciquense de Desportos.

 

Artigo 9º A Condição de jogo para a primeira rodada do CAMPEONATO, se dará pela inscrição das Atletas no Departamento Técnico da Liga Cariaciquense de Desportos até as 18HS00MIN do dia 20 de Junho de 2016.

 

Parágrafo 1º Cada Associação poderá inscrever no máximo trinta e cinco (35) e no mínimo vinte e cinco (25) Atletas para a Competição, não será aceita substituição de Atletas inscritos.

 

Parágrafo 2º Todas as inscrições e demais rotinas e documentos inerentes aos Atletas deverão ser devidamente protocoladas no Departamento Técnico da Liga Cariaciquense de Desportos até a Quarta-Feira que antecede a cada rodada.

 

Parágrafo 3º As inscrições para o presente Campeonato se encerarão na Quarta-Feira que antecede a última rodada da Primeira Fase da Competição ou ao completar o número limite de trinta e cinco (35) Atletas.

 

Parágrafo 4º O Atleta somente poderá jogar por uma Associação participante na mesma Competição e se a Atleta assinar por duas ou mais Associação, terá condição de jogo por aquela que primeiro der entrada da inscrição no Departamento Técnico da Liga Cariaciquense de Desportos.

 

Artigo 10º A Equipe que incluir Atleta(s) sem estar devidamente inscrito no Departamento Técnico da Liga Cariaciquense de Desportos e/ou sem condição de jogo, ficará sujeito às penalidades conforme aplicadas pela Comissão Disciplinar de Justiça Desportiva (CDJD) da Liga Cariaciquense de Desportos com base no Regulamento da Competição e/ou no CBJD.

 

Artigo 10ºa Para participar da Competição, o Atleta não poderá: estar inscrito para participar em outra Competição por outra Equipe; não poderá ter vinculo profissional; nem estar cumprindo qualquer tipo de punição.

 

Artigo 11º A Associação participante da Competição que infringir o Artigo 10ºa será punida com a perda de três pontos que serão subtraídos dos pontos obtidos até o momento da punição e mais os pontos obtidos da partida que o Atleta tenha atuado.

 

Parágrafo Único Se a Associação punida ainda não tiver somado nenhum ponto, ficará ela com menos (-3) três pontos no quadro estatístico de pontuação (Classificação).

 

Artigo 12º Nenhum jogo do Campeonato poderá ser iniciado com menos de sete (07) Atletas por Equipe em campo.

 

Artigo 13º Durante os jogos poderão ser efetuadas sete (07) substituições.

 

Artigo 14º Só poderá assinar a súmula da partida, e tomar assento no banco de reservas, os seguintes membros:

 

01 (Um) Treinador (com Crachá);

 

01 (Um) Diretor (com Crachá);

 

01 (Um) Massagista ou profissional equivalente (com Crachá);

 

11 (Onze) Atletas, na condição de reservas;

 

Parágrafo 1º Na falta de algum membro citados acima, os mesmos não poderão ser substituídos.

 

Parágrafo 2º Para a confecção dos crachás serão necessários a apresentação da Xerox da Carteira de Identidade, CPF e duas (02) fotos 3 x 4.

 

Parágrafo 2º Os Atletas de cada Equipe, Dez (10) minutos antes da hora marcada para o inicio da partida, deverão assinar a súmula correspondente, após se identificarem perante o Árbitro ou a quem por ele indicado, sendo que a associação com mando de campo deverá ser a primeira a assinar.

 

Parágrafo 3º A identificação do Atleta será obrigatoriamente feita pela exibição da Carteira de Atleta expedida pela LICADES e ou Documento Oficial com foto.

 

Artigo 15º Os Clubes participantes deverão pagar as taxas referentes as inscrições dos Atletas no momento que der entrada nas inscrições no Departamento Técnico da Entidade.

 

CAPÍTULO V - INFRAÇÕES E PENALIDADES

 

Artigo 16º As penalidades provenientes de aplicação de cartões serão as seguintes:

 

a) Um (01) Cartão Vermelho, suspensão automática de uma partida;

 

b) Dois (02) Cartões Amarelos, Suspensão automática de uma partida;

 

Parágrafo Único A Associação será punida pelo Regulamento da Competição e/ou pelo CBJD, caso venha a utilizar Atletas sem condições legais de jogo.

 

Artigo 17º O Atleta que for expulso de campo ou do banco de reservas ficará automaticamente impedido de participar da partida subseqüente, independentemente da decisão da Comissão Disciplinar de Justiça Desportiva, no julgamento da infração.

 

Parágrafo Único Se o julgamento ocorrer após o cumprimento da suspensão automática, sendo o Atleta suspenso, deduzir-se-á da pena imposta à partida não disputada em conseqüência da expulsão.

 

Artigo 18º Perde a condição de jogo para a partida subseqüente do Campeonato, o Atleta advertido pelo árbitro a cada série de duas (02) advertências com cartões amarelos, independentemente da seqüência das partidas previstas na tabela da competição. Na aplicação dos cartões amarelos deve prevalecer o seguinte protocolo:

 

Parágrafo 1º Um Atleta e/ou Membro da Comissão Técnica que receber um (01) cartão amarelo e na mesma partida receber um (01) cartão vermelho direto, sem apresentação do segundo (2º) cartão amarelo, será suspenso por uma (01) partida em virtude do cartão vermelho e o cartão amarelo recebido antes do vermelho será computado na competição.

 

Parágrafo 2º Um Atleta e/ou Membro da Comissão Técnica que receber um (01) cartão amarelo, e na mesma partida receber o segundo (2º) cartão amarelo, seguido do cartão vermelho, será suspenso por uma (01) partida em virtude do cartão vermelho e o cartão amarelo recebido anteriormente ao cartão vermelho, não será computado na competição.

 

Parágrafo 3º Um Atleta que entrar em campo com um (01) cartão amarelo (oriundo de outro jogo) e no transcorrer da partida receber um (01) cartão amarelo e, posteriormente, um (01) cartão vermelho direto, sem apresentação do segundo (2º) cartão amarelo, será suspenso por dois (02) jogos, sendo um (01) jogo por ter recebido o segundo (2º) cartão amarelo e mais um (01) jogo por ter recebido o cartão vermelho.

 

Artigo 19º O controle de cartões é de exclusiva responsabilidade dos clubes disputantes do CAMPEONATO.

 

Parágrafo Único A contagem dos cartões amarelos não será zerada de uma Fase para a outra.

 

Artigo 20° Agressões contra Árbitro e ou seus Auxiliares designados para a Partida, praticadas por Atletas, Membros da Comissão Técnica e ou Membros da Diretoria dos Clubes, dentro ou fora de Campo, antes, durante ou após o término da mesma, implicará ao infrator, na perda dos pontos em favor da Equipe adversária e na pena de Eliminação do restante da Competição.

 

Parágrafo 1º O Infrator poderá será denunciado à Comissão Disciplinar e poderá ser banido das Competições da Liga Cariaciquense de Desportos e ou das Competições que a Liga Cariaciquense de Desportos esteja direta ou indiretamente envolvida, por um período nunca inferior a dois (02) anos.

 

Parágrafo 2º Além das punições conforme Caput deste Artigo, a Equipe será denunciada à COMISSÃO DISCPLINAR de JUSTIÇA DESPORTIVA.

 

Artigo 21º Qualquer agressão contra Árbitro e ou seus Auxiliares, designados para a Partida, praticados por torcedores e ou pessoas estranha ao Campo de jogo, dentro ou fora de Campo, antes, durante ou após o término da Partida, implicará à Associação mandante da Partida, em punição de perda de mando de Campo e a Equipe será denunciada à COMISSÃO DISCPLINAR de JUSTIÇA DESPORTIVA.

 

Parágrafo 1º      Comprovados os fatos, será levado aos órgãos competentes, para julgamento, podendo acarretar aos denunciados a perda dos pontos da Partida, Eliminação da Competição, sendo ainda imputadas as demais cominações legais, assegurando o direito da ampla defesa e do contraditório.

 

Parágrafo 2º As punições pelas agressões supra, independem da Praça de Esportes em que se realize a Partida.

 

Artigo 22º Ofensas de ordem discriminatória contra o Árbitro e ou seus Auxiliares, implicará aos infratores na ELIMINAÇÃO do restante da Competição e em SUSPENSÃO de Cinco (05) anos nas Competições da Liga Cariaciquense de Desportos e nas Competições que a Liga estiver direta ou indiretamente envolvida.

 

CAPÍTULO VI - ARBITRAGEM

 

Artigo 23º A elaboração das escalas de árbitros e árbitros assistentes quando solicitados é de competência, Exclusiva do Sindicato dos Profissionais da Arbitragem do Espirito Santo, as quais se farão através de seleção pelo Departamento de Arbitragem da Liga Cariaciquense de Desportos, não sendo aceito VETO de qualquer espécie ou indicações de nomes.

 

Artigo 24º Os jogos do Campeonato que forem transferidos e/ou suspensos serão realizados ou complementados em local, data e horário determinado pela Liga Cariaciquense de Desportos, conforme o caso, e a arbitragem terão direito ao recebimento a uma taxa de Transportes.

 

CAPÍTULO VII - DISPOSIÇÕES FINAIS

 

Artigo 25º As partidas terão o tempo total de noventa (90) minutos com dois tempos de quarenta e cinco (45) e intervalo de quinze (15) minutos.

 

Artigo 26º Caso uma Equipe não se apresenta em Campo para a realização da partida, a mesma será punida com a perda dos pontos em favor da Equipe adversária, adjudicando-lhe o placar de 02 X 00 (Dois a Zero).

 

Parágrafo 1º Caso uma Equipe não se apresenta em Campo para a realização da partida pela segunda vez, a mesma será punida com a ELIMINAÇÃO do restante da Competição e os pontos serão adicionados em favor da Equipe adversária, adjudicando-lhe o placar de 02 X 00 (Dois a Zero).

 

Parágrafo 2º Se uma Equipe abandonar ou for eliminada da competição, os resultados dos jogos realizados serão mantidos e os jogos restantes, passam a ser  dois a zero (02 X 00) em favor das equipes adversárias.

 

Artigo 27º Após a publicação do regulamento e da tabela do campeonato, a desistência antecipada afastará a Associação do CAMPEONATO pelo período de dois (02) anos.

 

Artigo 28º Pedidos de alterações de data ou horários de partidas somente serão analisados pela Liga Cariaciquense de Desportos, se devidamente instruído e justificado, encaminhado via e-mail ou pessoalmente na Sede da Entidade e com a antecedência mínima de dez (10) dias, assim como Documento Oficial de concordância da Equipe adversária.

 

Parágrafo 1º As solicitações para alterações de partidas, assim como informações referentes ao CAMPEONATO deverão ser direcionadas, exclusivamente, ao Departamento Técnico da Liga Cariaciquense de Desportos, não cabendo o encaminhamento para qualquer outro Departamento da Entidade.

 

Parágrafo 2º A Liga Cariaciquense de Desportos poderá antecipar ou adiar qualquer jogo, bem como alterar seus locais e horários a seu critério para não interromper ou prejudicar o andamento da Competição.

 

Parágrafo 4º A Liga Cariaciquense de Desportos não irá alterar a tabela de jogos do CAMPEONATO em virtude da participação das equipes em outras competições, exceto em Competição da própria Entidade.

 

Artigo 29º Em todas as partidas, salvo acordo entre as Associações disputantes, usará o uniforme número um (01) a Associação mandante do jogo. Se houver necessidade de troca, esta deverá ser efetivada pela Associação visitante. 

 

Artigo 30º Todas as comunicações e publicações de circulares, atos, resoluções e decisões relacionadas ao CAMPEONATO serão efetuadas por meio do site www.licades.com.br, que deverá ser acessado pelas Associações participantes, para conhecimento e cumprimento das medidas necessárias, e / ou solicitar pelo e-mail: liga.esportes.cariacica@gmail.com.

 

Artigo 31º Compete exclusivamente à Diretoria da Liga Cariaciquense de Desportos interpretar as disposições deste regulamento, bem como decidir sobre eventuais dúvidas e omissões que surgirem na sua execução.

 

Artigo 32º Caberá ao Clube mandante providenciar segurança para todas as suas partidas.

 

Artigo 33º O atendimento aos Atletas durante o CAMPEONATO será de responsabilidade exclusiva das Associações participantes.

 

Artigo 34º O presente Regulamento é aplicado conjuntamente com o Regulamento Geral de Competições da Liga Cariaciquense de Desportos e CBJD.

 

Artigo 35º As Associações participantes reconhecem a Justiça Desportiva como Foro competente e definitivo para resolver as questões previstas no Regulamento e ou no CBJD, que surjam entre si ou entre elas e a Liga Cariaciquense de Desportos, e renunciam recorrer ao Poder Judiciário de qualquer ato ou decisão emanada da Justiça Desportiva.

 

Parágrafo Único A Associação participante do CAMPEONATO, fornecerá por escrito à Liga Cariaciquense de Desportos, um endereço eletrônico (e-mail), para efeitos de intimações e citações da CDJD da Liga Cariaciquense de Desportos.

 

Cariacica/ES, 25 de Maio de 2016.

 

 

Atlântico Futebol Clube;

 

Atlético Clube Sotelândia;

 

Esporte Clube Brasil;

 

Independência Futebol Clube;

 

Praia Grande Futebol Clube;

 

Vila Nova Futebol Clube;

 

Vilavelhense Futebol Clube:

 

União Futebol Clube;

 

 

Liga Cariaciquense de Desportos.

CLUBES FILIADOS

Clube Atlético Cariacica
Botafogo Futebol Clube
Verona Esporte Clube

VER TODOS OS CLUBES

© LICADES - Liga Cariaciquence de Desportos

Rua Santana Nº. 575 - São Geraldo - CEP 29146655 - Cariacica - Espírito Santo
(27) 3090.5366 - 9.9797.6903 • liga.esportes.cariacica@gmail.com

Desenvolvimento:
ComunicaSim!